2 de junho de 2021 16h17 - Atualizado em 2/06/2021 16h17

TCE-AM registra 12 mil inscrições para o concurso público

Apesar da Corte ofertar apenas 40 vagas, a procura tem sido alta antes do fim do prazo

Faltando menos de um mês para o encerramento das inscrições do concurso público, o Tribunal de Contas de Contas do Amazonas (TCE-AM) registrou, até a manhã desta quarta-feira (2), 12 mil inscrições. As provas acontecerão nos dias 18 e 25 de agosto.

Deste número, quatro mil inscritos já efetuaram o pagamento, restando ainda oito mil finalizarem processo. As inscrições para o certame estão abertas até o dia 22 de junho e são feitas, exclusivamente, pelo site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora do certame.

“Esperamos que os inscritos finalizem suas inscrições para garantir a participação no concurso. Acreditamos que mais pessoas façam inscrições até o fim do prazo estipulado. Hoje o Tribunal tem um déficit alto de servidores e com esse concurso público iremos recompor parte do quadro funcional”, afirmou o presidente da Corte de Contas, conselheiro Mario de Mello.

As inscrições para o cargo de Auditor Técnico de Controle Externo na área de Auditoria de Obras Públicas e de Auditoria de Tecnologia da Informação estão abertas desde 21 de maio de 2021 e encerram no dia 22 de junho deste ano, já para o cargo de Auditor Técnico de Controle Externo na área Auditoria Governamental e para o Ministério Público de Contas as inscrições iniciam no dia 24 de maio até 22 de junho deste ano, exclusivamente no site da FGV.

O concurso público é para o provimento imediato de 40 vagas para o cargo de Auditor Técnico de Controle Externo para as áreas de Auditoria Governamental, Auditoria de Obras Públicas, Auditoria de Tecnologia da Informação, e vagas no Ministério Público de Contas, com vencimento de R$ 8.328,77, além de benefícios.

Requisitos

Para a área de Auditoria Governamental, o candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Para a área de Auditoria de Obras Públicas, o candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer das áreas de formação da Engenharia ou Arquitetura, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Para a área de Auditoria de Tecnologia da Informação, o candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em tecnologia da informação, em todas as suas acepções, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Já para o Ministério Público de Contas, o candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Provas

No dia 18 de agosto de 8h às 11h serão realizadas as provas para o cargo de Auditor Técnico de Controle Externo na área de Auditoria Governamental e das 14h às 17h para a área de Ministério Público de Contas. A prova será composta por 80 questões, sendo 30 questões de Conhecimentos Básico e 50 questões de Conhecimentos Específicos. Todas as questões terão cinco alternativas.

As provas discursivas serão realizadas em 25 de agosto de 8h às 11h para o cargo de Auditor Técnico de Controle Externo na área de Auditoria Governamental e das 14h às 17h para a área de Ministério Público de Contas.

A Prova Escrita Discursiva será composta de duas questões de qualquer tipo, formuladas pela respectiva FGV, podendo abranger quesitos objetivos, problemas, dissertações, pareceres ou peças processuais, bem como questões do tipo misto.  As questões da Prova Escrita Discursiva poderão envolver as seguintes disciplinas: Controle Externo, Administração Financeira e Orçamentária, Auditoria e Controle da Administração, Direito Constitucional e Direito Administrativo e Transparência da Administração Pública.

Já para o cargo de Auditor Técnico de Controle Externo nas áreas de Auditoria de Obras Públicas e Auditoria de Tecnologia da Informação, a Prova Escrita Objetiva será realizada, em dois dias, 18 de agosto de 2021 e 25 de agosto de 2021, das 14h às 17h para as áreas de Auditoria de Tecnologia da Informação e Auditoria de Obras Públicas.

Serão 120 questões, sendo 60 questões de Conhecimentos Básicos aplicadas no primeiro dia de prova e 60 questões de Conhecimentos Específicos aplicadas no segundo dia de prova. Todas as questões terão cinco alternativas.

Útimas notícias