2 de junho de 2021 16h31 - Atualizado em 2/06/2021 16h31

Eliminatórias: seleção faz último treino antes de viagem para o RS

Equipe viaja para Porto Alegre, onde pega Equador na sexta-feira

Na manhã desta quarta-feira (2), a seleção brasileira, comandada pelo técnico Tite, fez o último treino na Granja Comary, em Teresópolis, antes de viajar para Porto Alegre. Na capital gaúcha, o time encara o Equador pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022 na sexta-feira (4), às 21h30, no Estádio Beira-Rio. Essa será a 5ª partida da equipe nacional no torneio. O Brasil é líder com 12 pontos e 100% de aproveitamento.

Na atividade desta quarta, depois do aquecimento, o treinador separou o elenco em dois. Um dos times foi comandado pelo próprio Tite no campo 1, enquanto outra equipe trabalhou sob comando dos auxiliares técnicos no campo 2. O segundo exercício do dia foi o chamado “enfrentamento”, que usa os jogadores em espaço reduzido em um duelo de dez contra nove. No time de azul, que tinha superioridade numérica, estavam: Danilo, Marquinhos, Eder Militão, Alex Sandro, Casemiro, Fred, Lucas Paquetá, Richarlison, e Neymar. Os atacantes Gabriel Jesus e Gabriel Barbosa se alternaram no ataque do time azul, com constantes trocas de posição entre os homens de frente. No time de amarelo, que se defendia, estavam Alisson, Emerson, Rodrigo Caio, Felipe, Renan Lodi, Fabinho, Douglas Luiz, Roberto Firmino, Vinicius Jr e Everton. Um projeção de time para o jogo tem Alisson, Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred, Richarlison, Lucas Paquetá, Neymar e Gabigol.

Além da atividade dentro de campo, a CBF também atualizou a situação do meia Everton Ribeiro, do Flamengo. De acordo com o comunicado da Confederação, ” o atleta apresentou-se no dia seguinte ao jogo de estreia de seu clube pelo Campeonato Brasileiro e queixou-se de dores no músculo posterior da coxa direita. Ele foi submetido a ressonância magnética que não apontou lesão. Durante esses dias concentrado, Everton Ribeiro não realizou nenhum treinamento em campo e continua seu processo de recuperação junto a fisioterapia até a melhora da dor. O quadro evolui bem e continuará sob observação”.

Útimas notícias