15 de julho de 2021 14h59 - Atualizado em 15/07/2021 14h59

‘Cores de Frida’ estreia no Casarão de Ideias nesta sexta-feira

A mostra destacará a trajetória da pintora mexicana Frida Kahlo

A icônica pintora mexicana Frida Kahlo passa a ocupar, a partir desta sexta-feira (16), um espaço no Casarão de Ideias. Trata-se da mostra ‘Cores de Frida’, composta por bonecas, instalações e peças interativas livremente inspiradas nas obras de uma das artistas mais controversas da sua geração.

“A ocupação ‘Cores de Frida’ acredito que vem da questão de julho ser o mês de nascimento e morte da artista. E o Casarão sempre teve uma relação com as cores usadas por ela. Seja na nossa fachada ou na área interna, sempre tivemos proximidade com esse ícone. Por isso, me aventurei a reconstruir imagens partindo do meu desejo de colorir a vida para os dias tão sombrios que estamos vivendo”, explica João Fernandes, responsável pela concepção e montagem da mostra.

Ainda de acordo com Fernandes, a exposição é composta por releituras de algumas obras e também a partir de frases que Frida Kahlo usou durante toda a sua vida, e que nortearam a composição do espaço. “A ocupação está dividida em uma área com bonecas de artistas nacionais e internacionais que fizeram suas leituras da artista, além de áreas interativas que servem de cenário para fotos e transportam o espectador para o universo da pintora”, detalhou ele.

A mostra conta, também, com instalações inspiradas em obras como ‘Viva La Vida’ e ‘As Duas Fridas’. Ao todo, a artista plástica pintou 143 quadros, dos quais 55 eram autorretratos. “Sempre me senti atraído pelo universo de Frida, suas histórias, sua autenticidade, seus traços e, claro, suas cores. Desde que tive acesso ao mundo das artes, essa mulher esteve presente como referência no desafio de continuar. Parece que todos nós conhecemos Frida Kahlo”, finalizou Fernandes.

Visitação e protocolos

A ocupação, localizada na Rua Barroso, 279, bairro Centro, zona sul de Manaus estará aberta para visitação na sexta-feira, mas funcionará de quarta-feira a domingo, sempre das 15h às 20h, com entrada gratuita. Além disso, serão formados grupos com dez pessoas por visitação, mas sem a necessidade de agendamento prévio, tendo em vista que tudo será organizado pelo receptivo do local. O uso da máscara de proteção e o distanciamento social seguem sendo protocolos utilizados pelo espaço cultural para ajudar a conter a pandemia.

Vale ressaltar que a ocupação ‘Cores de Frida’ é patrocinada pela Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana, do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas (Sec).

Útimas notícias