25 de setembro de 2020 16h36 - Atualizado em 25/09/2020 16h37

Wilson Lima vistoria obras de ampliação da Maternidade Balbina

Na ocasião, o governador lembrou de quando esteve na maternidade para inspecionar a estrutura da unidade, pela primeira vez

O governador Wilson Lima vistoriou, nesta sexta-feira (25), as obras de ampliação da Maternidade Balbina Mestrinho, no Centro, zona sul de Manaus, unidade que é referência no parto de pacientes com gravidez de risco. As melhorias na infraestrutura vão possibilitar a abertura de 19 leitos novos nas alas da UTI Materna e das Unidades de Cuidados Intermediários Neonatais (Ucinca e Ucinco). O investimento é de R$ 1,6 milhão, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).

Durante a visita, Wilson Lima entregou três leitos da UTI Materna que foram reativados após a recuperação de equipamentos. Com isso, a quantidade de leitos na ala subirá de sete para 10, garantindo o seu funcionamento com 100% da capacidade instalada.

Na ocasião, o governador lembrou de quando esteve na maternidade para inspecionar a estrutura da unidade, pela primeira vez, e encontrou uma série de problemas na infraestrutura do local.

“Hoje nós voltamos aqui com a parte elétrica toda reconfigurada, refrigeração já resolvida, e nós estamos em uma parte da Balbina Mestrinho que era esquecida. Aqui nós estamos revitalizando e nos próximos dias nós vamos entregar aproximadamente 20 novos leitos para atender a população do estado do Amazonas”, afirmou Wilson Lima.

Novos investimentos 

A ampliação da Balbina Mestrinho faz parte do pacote de ações do programa “Saúde Amazonas”, que está reestruturando e modernizando a saúde no estado. Segundo Wilson Lima, o Governo já programou novos investimentos tanto na Balbina Mestrinho quanto na Maternidade Ana Braga, na zona leste da capital, com recursos na ordem de R$ 10 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

“Nós estamos fazendo uma reconfiguração dessa rede de assistência à saúde no estado do Amazonas, sobretudo aqui na capital. Estamos fazendo um aporte de recursos, oriundos do BID, aqui na Balbina Mestrinho em um próximo projeto, e também na maternidade Ana Braga”, acrescentou.

Melhorias e serviços 

A secretária-executiva do FPS, Kathlen Braz, destacou que a saúde é uma das áreas prioritárias para investimentos do Fundo. Segundo ela, os trabalhos na Balbina Mestrinho vão se refletir em melhorias para toda a sociedade. “Aqui, além de ampliar os leitos, o projeto vai dar melhores condições para as mães, para os bebês e também para os profissionais que trabalham na maternidade”, disse.

O secretário de Saúde, Marcellus Campêlo, também ressaltou que a readequação na estrutura da maternidade vai permitir a ampliação de serviços. “Nós estamos reformulando e revitalizando a Balbina Mestrinho para ampliar os serviços, que já são feitos de forma muito excelente. Nós estamos ampliando a quantidade de leitos, inclusive para ampliar os serviços tanto no pré-natal quanto após o parto”, frisou.

Útimas notícias