7 de abril de 2020 09h56 - Atualizado em 7/04/2020 09h56

Trabalhadores da Saúde recebem dose da vacina contra a Influenza a partir desta terça

A vacinação nos idosos acima de 60 anos segue até o dia 22 de maio em domicílio
49704542856_5f69a91ab1_c

A partir desta terça-feira (7) os trabalhadores da saúde receberão a dose da vacina contra a Influenza. De acordo com a Prefeitura de Manaus os 13.685 trabalhadores da rede pública e privada, que integram o primeiro grupo da campanha contra a influenza, devem observar o calendário de vacinação da instituição na qual trabalham.

Para os trabalhadores autônomos da área de Saúde, haverá um posto de vacinação no Centro Social Urbano do Parque 10 (CSU), nesta terça e quarta-feira, das 8h às 16h. Para ser vacinado é necessário que o profissional apresente um documento de identidade com foto, mais o registro do conselho ao qual pertence, crachá ou o contracheque mais recente.

“A Secretaria Municipal de Saúde está trabalhando de forma organizada, para garantir que todos os grupos prioritários sejam vacinados. Temos até o final de maio para isso”, lembra o secretário, enfatizando a necessidade de a população manter o isolamento social, para que seja possível desacelerar a evolução da Covid-19 em Manaus.

Meta de vacinação

As estratégias adotadas pela Prefeitura de Manaus para vacinar os 111.670 idosos que integram o público-alvo do grupo, na Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, alcançaram, em nove dias, 94,14% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. Iniciada no dia 24/3, a campanha vacinou 105.130 pessoas com mais de 60 anos em sistema de drive-thru e em domicílio, pela Estratégia Saúde da Família e pelo cadastro realizado via internet.

“Tivemos uma experiência muito bem-sucedida na vacinação em drive-thru, para a qual contamos com a parceria de sete shopping centers, que disponibilizaram áreas em seus estacionamentos nas quais foram montados pontos para vacinar, sem que os idosos precisassem sair dos carros. O mesmo ainda se dá com a vacinação casa a casa, conforme orientou o prefeito Arthur Virgílio Neto, como forma de resguardar nossos idosos, evitando que tenham que ir às unidades de saúde, podendo manter a quarentena para evitar o contágio pelo novo coronavírus”, informou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi.

Na última sexta-feira (3), o secretário de Saúde anunciou a interrupção no sistema de vacinação em drive-thru, pelo qual foram aplicadas 23.823 doses de vacina e a manutenção das outras duas estratégias para esse público: seguir vacinando com as equipes da Saúde da Família e a vacinação em domicílio para os cadastrados no site.

“Orientamos os idosos que ainda não receberam a visita das equipes de vacinação, que aguardem em suas casas porque todos serão vacinados até 22 de maio”, ressaltou Magaldi.

Útimas notícias