4 de abril de 2018 14h57 - Atualizado em 4/04/2018 14h57

Simpósio sobre segurança do paciente inicia nesta quinta em Manaus

Evento ocorre até sábado com mais de 300 participantes de todo o país
PACIENTE (1)

A primeira edição do Simpósio Norte de Qualidade e Segurança do Paciente promove em Manaus, de quinta-feira (5) a sábado (7), um importante debate sobre os desafios e estratégias para a redução dos riscos assistenciais nos serviços de saúde. Mais de 300 participantes de todo país e 17 especialistas nacionais e internacionais estarão reunidos no evento.

A programação ocorre no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, das 8h às 18h nos dias 5 e 6, e das 8h às 11h30 no dia 7. Os participantes poderão atualizar conhecimentos e trocar experiências sobre ações a serem adotadas pelas instituições e profissionais da saúde com a finalidade de oferecer mais segurança aos pacientes.

O crescente número de mortes relacionadas a falhas na assistência tem representado uma forte preocupação para profissionais, autoridades e instituições. A gestão da qualidade, a promoção de uma cultura de segurança do paciente e o conhecimento da legislação vigente são pontos importantes para entender as perspectivas e caminhos a seguir”, afirma a presidente do evento e médica intensivista, Liane Cavalcante.

Os eventos adversos em hospitais são a segunda causa de morte mais comum no Brasil, de acordo com dados do Anuário da Segurança Assistencial Hospitalar no Brasil, do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), produzido pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Somente no Amazonas, mais de 300 processos alegando “erro médico” deram entrada nas varas do Tribunal de Justiça do Estado (TJAM), em 2017.

Para abordar o assunto, o simpósio terá participação de especialistas de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Maranhão, Amazonas e de Portugal, vinculados às áreas da medicina, enfermagem, direito, marketing e gestão em saúde.

Entre eles, está o vice-presidente da Associação Mundial de Direito Médico, Eduardo Dantas; o coordenador de Práticas Médicas e Gestão de Riscos do Hospital Israelita Albert Einstein, Haggéas Fernandes; o gestor de Projetos do Instituto Brasileiro para a Segurança do Paciente (IBSP), Paulo Oliveira; e o médico português Rui Moreno, diretor da Unidade de Cuidados Intensivos Neurocríticos do Centro Hospitalar de Lisboa Central.

A programação completa pode ser conferida no site: www.qualipacienteam.com.br. Profissionais e estudantes interessados em participar poderão fazer a inscrição no local do evento.


Útimas notícias