9 de setembro de 2019 08h02 - Atualizado em 9/09/2019 08h02

Setembro Amarelo: Sejusc realiza palestras e rodas de conversa durante o mês

Entre as ações está o ato público no próximo dia 18 de setembro no Largo de São Sebastião
setembro a (1)

Em alusão ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, fixado no dia 10 de setembro, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), realizará palestras e rodas de conversa para diferentes públicos. A programação se estenderá durante todo o mês.

As atividades serão direcionadas ao público LGBT, crianças e adolescentes, refugiados alocados em abrigos, além de parcerias com movimentos sociais e instituições. A campanha ainda se estende a materiais informativos que serão publicados nas redes sociais do órgão, em @sejuscam.

Nesta terça-feira (10), a Sejusc participará de uma roda de conversa na Casa Criativa Vila Vagalume, localizada na rua Fernão Dias Paes Leme, no bairro Dom Pedro, onde psicólogos do órgão falarão sobre os possíveis sinais e formas de prevenção ao suicídio. A programação é aberta ao público e acontece a partir das 20h.

Na quinta-feira (12), as ações serão direcionadas a refugiados venezuelanos indígenas e não indígenas, alocados nos abrigos da capital. O tema abordado será “Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio”, nos abrigos dos bairros Alfredo Nascimento e Coroado.

Já no dia 18 de setembro, a Sejusc participará da campanha “Abraço em Defesa da Vida”, da Defensoria Pública do Amazonas (DPE/AM). Na ocasião, será realizada uma mobilização com material informativo no Largo de São Sebastião, Centro, às 17h. Durante a mobilização, o Teatro Amazonas será iluminado em tom amarelo, alertando para a necessidade de a sociedade abraçar a causa.

O público LGBT também contará com uma roda de conversa sobre o tema no dia 23/09, a partir das 9h, no auditório da Sejusc, localizado na rua Bento Maciel, 2, Adrianópolis. A programação completa será divulgada no site da Sejusc, em www.sejusc.am.gov.br.

Sensibilização

De acordo com a titular da Sejusc, Caroline Braz, a disseminação de informações e o debate sobre o assunto são fundamentais para auxiliar pessoas que passam por situações do tipo.

“Acreditamos que prevenir casos de suicídio é um dever de todos nós, e por isso, junto com os demais órgãos do Governo do Amazonas, estamos intensificando as ações de nossos profissionais nesse período”, destaca. “A intenção é abranger os mais diferentes públicos durante essas ações”, finaliza a titular da pasta.

Útimas notícias