9 de maio de 2019 14h45 - Atualizado em 9/05/2019 14h45

Serviço secreto da Venezuela prende vice-presidente do Parlamento

O oposicionista Edgar Zambrano foi preso ainda na noite de quarta-feira, dia 8
2019-05-09t030259z_258615548_rc1c4b552ef0_rtrmadp_3_venezuela-politics-court

Agentes do Serviço Bolivariano de Inteligência da Venezuela (Sebin, serviços secretos) prenderam na quarta-feira (8) à noite o vice-presidente do Parlamento, o oposicionista Edgar Zambrano. O anúncio foi feito pelo próprio Zambrano – número 2 de Juan Guaidó na Assembleia Nacional -, em sua conta no Twitter. Ele disse que foi surpreendido pelo Sebin e, como se negou a sair do carro, usaram um guincho para transportá-lo, de maneira forçada, diretamente ao Helicoide (prisão do Sebin).

“Nós democratas vamos continuar a lutar”, afirmou.

Em outra mensagem, publicada na mesma rede momentos antes, o deputado alertou o povo venezuelano de que se encontrava dentro do seu carro, na sede do partido, a Ação Democrática, em La Florida.

Útimas notícias