23 de outubro de 2019 09h40 - Atualizado em 23/10/2019 09h40

Senado terá comissão para acompanhar situação do Nordeste

Entre as medidas sugeridas está a decretação de estado de emergência ambiental
imagem_materia

Uma comissão temporária externa do Senado vai trabalhar por 180 dias para acompanhar as ações do governo no caso das manchas de óleo que se espalham pelo litoral da região Nordeste. O requerimento para a criação do colegiado foi aprovado pelo Plenário na terça-feira (22).

A comissão será composta por oito senadores: Fabiano Contarato (Rede-ES), Jean Paul Prates (PT-RN), Humberto Costa (PT-PE), Styvenson Valentim (Podemos-RN), Jaques Wagner (PT-BA), Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Rodrigo Cunha (PSDB-AL).

Antes, na tarde de terça-feira (22), o presidente da Comissão de Meio Ambiente (CMA), Fabiano Contarato, entregou ao presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, um documento com sugestões de medidas providências a serem tomadas pelo governo. Entre as medidas sugeridas está a decretação de estado de emergência ambiental para facilitar a liberação de recursos.

Fonte: Agência Senado

Útimas notícias