11 de janeiro de 2019 18h23 - Atualizado em 11/01/2019 18h23

Sejel confirma estádios para o início do Campeonato Amazonense

O Estadual inicia no próximo dia 2 de fevereiro e envolverá oito clubes
REUNIÃO FEDERAÇÕES

Na manhã desta sexta-feira (11), a Secretaria de Estado de Juventude Esporte e Lazer (Sejel) anunciou os espaços onde serão realizados o Campeonato Amazonense de Futebol 2019: os estádios da Colina, Carlos Zamith e Arena da Amazônia. O anúncio foi feito durante encontro entre a Sejel e a Federação Amazonense de Futebol (FAF), na sala de reuniões da Arena da Amazônia, com a presença dos gestores das três praças esportivas e pelo responsável pela manutenção da grama dos três campos.

O Campeonato Amazonense 2019 terá início no próximo dia 2 de fevereiro com a participação do Manaus Futebol Clube, Fast Club, Penarol Atlético Clube, Princesa do Solimões, Rio Negro, Nacional, Iranduba da Amazônia e Sul-América. Na estreia, O estádio Carlos Zamith receberá o confronto entre Fast e Iranduba. “Do jeito que recebemos, com exceção do estádio da Colina, os demais não tinham condições estruturais de receber nenhum jogo do amazonense. Mas a equipe está imbuída na missão de deixar o estádio, novamente, pronto para receber equipes e torcedores Vai estar tudo pronto, com certeza”, frisou o titular da Sejel, Caio André.

Ambulâncias

Entre as demais solicitações de apoio feitas pelo representante da FAF, Ivan Guimarães, estão as ambulâncias, exigência legal, que muitas vezes retarda ou até impede a realização dos jogos. “Iremos ajudar no que for possível. Dentre as recomendações do governador Wilson Lima, está o fortalecimento do futebol Amazonense, inclusive o profissional”, disse o secretário.

A possibilidade de a Sejel fomentar as categorias de base (Sub-15, Sub-17 e Sub-19) do futebol amazonense está em análise, segundo informou Caio André. “Não assumimos ainda essa missão, mas estamos analisando com carinho, pois sabemos que o investimento nas categorias de base é a única solução verdadeira para que nosso futebol volte a ser competitivo de verdade”, afirmou.

Útimas notícias