10 de julho de 2018 15h30 - Atualizado em 10/07/2018 15h30

Real Madrid anuncia transferência de Cristiano Ronaldo

Em comunicado, o clube espanhol confirmou a ida de CR7 para Juventus
unnamed (1)

Fim do ciclo de Cristiano Ronaldo no Real Madrid. Após nove temporadas no clube espanhol, CR7 irá defender a Juventus, da Itália. O clube merengue confirmou nesta terça-feira (10), via comunicado oficial, que a aceitou a proposta dos italianos, mas o valor da transferência não foi informado oficialmente.

A imprensa europeia estipula que o valor da negociação gire em torno de 100 milhões de euros. Em nota oficial, o Real Madrid informou que a venda foi realizada “de acordo com a vontade e pedido expresso” de Cristiano Ronaldo, e agradeceu, segundo a nota, a “um jogador que provou ser o melhor do mundo e que marcou um dos momentos mais brilhantes da história do clube e do futebol mundial”. Após o anúncio, o Real divulgou uma carta escrita pelo jogador, na qual o craque agradece aos torcedores e fala sobre a necessidade de “abrir uma nova etapa”.

Cristiano Ronaldo chegou ao Real em 2009, aos 24 anos, após ser eleito melhor do mundo e ter conquistado a Champions pelo Manchester United. Certamente os merengues não se arrependeram de ter pago 94 milhões de euros pelo atleta, maior transação registrada à época.

No time merengue, CR7 conquistou diversos títulos pelo clube e se tornou ídolo. Não é para menos, foram 450 gols em 438 jogos. Média de mais de um gol por partida. E os títulos? Foram muitos. Quatro Champions, três Mundiais de Clubes, duas Supercopas da Europa, dois campeonatos nacionais, duas Copas do Rei e duas Supercopas da Espanha. Cristiano Ronaldo também é o maior vencedor do prêmio de melhor do mundo da FIFA, ao lado de Messi, com cinco conquistas. Campeão e artilheiro da Champions, o português é o favorito para conquistar o prêmio neste ano.

Aos 33 anos, o português não precisa de apresentações. Ronaldo é o maior artilheiro da história do Real Madrid e da seleção portuguesa, além de ser o jogador com mais gols na história da Liga dos Campeões. Cristiano Ronaldo foi o grande responsável pelo tricampeonato consecutivo da Champions conquistado pelos merengues, sendo artilheiro das três edições.

Certamente, o fato de CR7 ser decisivo nessa competição pesou para que a Juventus contratasse o luso. A última vez que os italianos foram campeões da Champions foi na temporada 95/96. Na Juve, o português tentará se igualar a Clarence Seedorf, único jogador a vencer a Champions por três clubes diferentes.

Útimas notícias

aniversario