7 de setembro de 2020 11h09 - Atualizado em 7/09/2020 11h09

Paysandu bate Remo e reconquista o Paraense após dois anos

Vitória por 1 a 0 no Re-Pa garantiu o 48º título estadual ao Papão da Curuzu
Paysandu bate Remo outra vez e reconquista o Paraense após dois anos - Foto: Jorge Luiz/Paysandu/ Direitos Reservados
Paysandu bate Remo outra vez e reconquista o Paraense após dois anos - Foto: Jorge Luiz/Paysandu/ Direitos Reservados

O Paysandu recuperou a coroa de campeão paraense. Neste domingo (6), em clássico Re-Pa transmitido pela TV Brasil, o Papão da Curuzu superou o Remo por 1 a 0, no Mangueirão, em Belém, e assegurou o 48º título estadual de sua história. A conquista interrompeu a sequência do rival, campeão nas edições de 2018 e 2019, e o impediu de igualar o time bicolor em número de taças.

O primeiro jogo da final foi disputado na última quarta-feira (2), também no Mangueirão. A vitória por 2 a 1, de virada, deu ao Paysandu a vantagem de jogar por um empate. Até por isso, foi o Remo quem tomou a iniciativa neste domingo, mas, sem criatividade, dependeu de bolas alçadas na área. Foi assim que o Leão criou as duas melhores chances no primeiro tempo.

paysandu

 

 

Aos 27 minutos, após a cobrança de escanteio do meia Charles, o zagueiro Fredson escorou rente ao travessão. Nove minutos depois, o zagueiro Marlon lançou e o atacante Tcharlles, também de cabeça, acertou a trave. Mas, a missão remista ficou mais complicada aos 39 minutos, com a expulsão de Fredson após duas faltas seguidas no atacante Nícolas – cada uma punida com um cartão amarelo.

O desgaste de estar com homem a menos atingiu o Remo em cheio no segundo tempo. O Paysandu, então, controlou as ações. Aos cinco minutos, o atacante Vinícius Leite cruzou pela esquerda e a bola sobrou para o lateral Tony, livre. Ele bateu forte, mas, parou no goleiro Vinícius. O Papão ainda assustou em mais dois chutes de fora da área: primeiro com Vinícius Leite, depois com o lateral Diego Matos, e as duas tentativas passaram perto do gol.

Aos 35 minutos, o meia Luiz Felipe, do Paysandu, deu uma entrada dura no volante Lucas Siqueira, do Remo, e levou o cartão vermelho direto. Apesar de perder a vantagem numérica, o Papão não só administrou o ímpeto remista como, nos acréscimos, sacramentou o título com Ânderson Uchôa. O volante recebeu de Vinícius Leite, que fez o pivô na grande área, e bateu rasteiro, no canto esquerdo, sem chances para Vinícius.

Agora, as equipes voltam a se concentrar na Série C do Campeonato Brasileiro. O Paysandu, oitavo do Grupo A, recebe a Jacuipense às 20h (horário de Brasília) de quarta-feira (9). Já o Remo visita o Treze na quinta-feira (10), às 20h. O Leão Azul está em terceiro lugar na chave.

Da Agência Brasil

Útimas notícias