21 de novembro de 2016 13h55 - Atualizado em 21/11/2016 13h55

Operação apreende 22 veículos que atuavam de forma irregular no serviço de mototáxi

A SMTU atuou durante todo o fim de semana nas zonas Oeste e Norte
21-11-16-fiscalizacao-smtu-fotos-divulgacao-copy

O transporte clandestino de passageiros foi alvo de duas blitze realizadas no final de semana pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) em bairros das zonas Oeste e Norte da cidade. Foram retirados de circulação 22 motocicletas que prestavam o serviço de mototáxi de forma irregular.

A equipe de fiscalização, composta por fiscais de transportes da SMTU e policiais do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BpTran), percorreu, nos dois dias, as avenidas Brasil, na Compensa, Lóris Cordovil, no Alvorada e Itaúba, no Jorge Teixeira. Aproximadamente, 40 veículos foram abordados. Das apreensões, 21 motos realizavam o transporte clandestino de passageiros por mototáxi, com a aplicação de multa no valor de 15 UFM’s (R$ 1.394,55). A outra apreensão foi de um veículo caracterizado e regularizado como mototáxi, porém o condutor não estava cadastrado na SMTU, conforme exigência da legislação municipal em vigor. A multa aplicada para este caso foi de 5 UFM’s, correspondente à R$ 464,85.

O diretor de Transporte Urbanos, Costa Neto, ressalta que a fiscalização ocorrerá todos os dias da semana e em horários alternados. “Estamos agindo diretamente nos pontos onde há incidência de transporte clandestino atuando na cidade, com base em informações de denúncias e levantamentos feitos pela própria fiscalização”, alerta.

Útimas notícias