18 de novembro de 2020 16h56 - Atualizado em 18/11/2020 18h14

Luizinho admite que empates incomodam e não teme o Santa Cruz

Técnico do Manaus afirma que o Gavião segue vivo e vai brigar pela classificação
Foto: Leanderson Lima
Foto: Leanderson Lima

O quadro “Sala 10” da Rádio Difusora, desta quarta-feira (18) trouxe uma entrevista com o técnico do Manaus FC, Luizinho Lopes. O Gavião terá um compromisso árduo no próximo sábado diante do líder do grupo A, o Santa Cruz. A partida é válida pela 16ª rodada da competição. Atualmente o time amazonense ocupa a 5ª colocação com 20 pontos. Já o time nordestino lidera com 36 pontos.

O time esmeraldino viaja nesta quinta-feira (17) e vem de três empates seguidos: contra o Paysandu, Ferroviário e Treze. Neste momento da competição, o técnico do Manaus – Luizinho Lopes reconhece o rendimento do seu elenco.

“Eu acredito que a nossa equipe é  competitiva. Alguns momentos críticos que aconteceram em alguns jogos que poderíamos ter saído com a vitória. Isso de fato, talvez buscar o equilíbrio maior. Ser mais eficaz e cirúrgico. Nos últimos dois jogos, saímos vencendo. Iniciamos jogando muito bem, infelizmente aconteceram algumas situações. Eu acho que a arbitragem também não está pensando duas vezes em marcar contra a gente. Mas, o campeonato está acontecendo e estamos vivos ainda. Nós vamos buscar até o final”, frisou.

Luizinho destaca o alívio de ter de volta os zagueiros Luis Fernando, Thiago Spice e o atacante Matheuzinho, que cumpriram suspensões.  “Importante ter todo mundo à disposição. Muito bom para o treinador, para ter escolha contando com todos. É ruim também perder seja o atleta que for, mas, não posso lamentar. Tenho que focar em quem está à disposição”, destacou. Outras baixas podem surgir: O goleiro Jonathan e o meia Daniel Costa não treinaram nesta terça-feira (17).

Goleiro Jonathan é dúvida para o duelo diante do Santa. Foto: Ismael Monteiro/Manaus

Goleiro Jonathan é dúvida para o duelo diante do Santa. Foto: Ismael Monteiro/Manaus

Apesar da sombra de jogar diante do líder do grupo A da Série C, o técnico do Manaus minimiza e fala que não há time imbatível. Ele porém, reconhece que a sequência de empates os deixou fora do lugar que gostariam. “Não há adversário imbatível. Em algum momento o Santa Cruz vai perder um jogo. Não vai ganhar sempre. Se você parar para pensar ninguém foi tão superior a gente, mesmo que a gente não tenha sido superior também. Infelizmente a sequência de empates incomoda, que talvez nos tirou a possibilidade de estar melhor posicionados. A nossa equipe vai para brigar, vai para fazer um jogo que possa proporcionar um resultado que nos interessa”, disse.

Comentarista Zezinho Bastos

O comentarista de esportes da Rádio Difusora, Zezinho Bastos evidencia os números do Santa Cruz diante do Manaus. “Se fosse para apostar, os apostadores iam colocar em até 80% o Santa Cruz devido aos pontos. São 16 de diferença. O Santa Cruz tem 11 vitórias contra quatro do Manaus. Tirando essa matemática, a importância é o jogo. O Santa Cruz vai para cima. Arrisco um empate neste jogo devido o Manaus ter vários empates fora de casa. É um time cauteloso”.

Zezinho aproveita para destacar a mudança tática feita pelo técnico do Manaus, Luizinho Lopes. “O técnico Luizinho Lopes resolveu mudar do 4-3-3 para o 4-4-2, com uma equipe mais cadenciada, com a posse de bola e jogar no contra-ataque. Se tivesse sido mais atrevido, poderia ter vencido o treze”, disse.

Santa Cruz e Manaus jogam no próximo sábado (21) no estádio Arruda em Recife.

Útimas notícias