13 de março de 2019 13h31 - Atualizado em 13/03/2019 13h31

Fundação Alfredo da Matta anuncia ação de diagnóstico de hanseníase no interior

Foram detectados no Amazonas, de janeiro a fevereiro, 46 casos de hanseníase. A incidência maior foi em homens, com 30 casos
foto by Vitor Souza_hanseniase policlinica codajas

O departamento de Controle de Doenças e Epidemiologia da Fundação Alfredo da Matta (FUAM) vai realizar de 25 a 29 de março uma ação de diagnóstico de hanseníase no município de Careiro Castanho (distante 90 quilômetros de Manaus).

Durante toda a semana, técnicos e médicos da fundação vão realizar exames para diagnosticar a doença, em cinco escolas do município, o que alcançará um público de 3 mil pessoas, de acordo com o chefe do departamento, enfermeiro José Yranir do Nascimento.

Ainda de acordo com José Yranir, na mesma ação, a FUAM também implantará no município um programa de combate à doença, que vai reforçar as ações realizadas pela prefeitura local.

Em janeiro deste ano, durante as ações em alusão ao “Janeiro Roxo” no município, 11 pessoas tiveram diagnóstico positivo para hanseníase.

De acordo com dados da FUAM, foram detectados no Amazonas, de janeiro a fevereiro, 46 casos de hanseníase. A incidência maior foi em homens, com 30 casos.

Em 2018, de acordo com dados da FUAM, foram detectados no Amazonas 411 casos novos de hanseníase. Desse total, 114 (27,7%) eram residentes de Manaus e 297 (72,3%) residentes em outros 56 municípios.

A quantidade de casos registrados ano passado foi menor que em 2017, quando foram diagnosticados 459 casos – 48 a mais que em 2018.

A Fundação Alfredo da Matta realiza a supervisão e monitoramento de ações de combate à hanseníase nos 62 municípios do Estado. “Com esse trabalho, vamos reforçar as ações no Careiro Castanho, para dar apoio ao município”.

De acordo com dados da FUAM, em 2018, os municípios que apresentaram o maior número de casos de hanseníase foram Manaus com 114 casos novos, Parintins com 17, Itacoatiara 15, Humaitá com 12, Novo Aripuanã 12, Apuí 12, Presidente Figueiredo 11, Eirunepé 11, Boca do Acre 11 e Tapauá 11.

Útimas notícias