17 de abril de 2017 13h39 - Atualizado em 17/04/2017 13h39

Feriado prolongado tem diminuição de 20% nos crimes, diz SSP-AM

Várias ações de segurança foram desencadeadas durante o feriado
FOTO: ERLON RODRIGUES
FOTO: ERLON RODRIGUES

Balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) nesta segunda-feira (17) aponta queda de 20% nas ocorrências criminais durante feriado prolongado, comparado ao mesmo período de 2016. Desde a última quarta-feira até a madrugada desta segunda, equipes das polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e SSP-AM realizaram operações em todas as zonas da cidade.

Conforme o balanço, o crime de homicídio apresentou 42% de diminuição no feriado, comparado ao mesmo período do ano passado. Foram sete neste ano contra 12 casos no ano passado. Estupro apresentou queda de 67%, tentativa de homicídio 67%, enquanto furto teve diminuição de 33% e roubo 22%.

Para o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, o constante policiamento nas ruas da capital e as operações desencadeadas contribuíram diretamente para a diminuição das ocorrências, principalmente nos casos de homicídio. “Nós tivemos o empenho de todo o Sistema de Segurança, inclusive com policiais que saíram dos setores administrativos para as ruas, com objetivo de reforçar o policiamento, inibir os crimes, e garantir a tranquilidade e segurança da população”, disse.

Durante os cinco dias da operação integrada foram realizadas barreiras em pontos estratégicos com abordagens a pessoas, veículos e coletivos, além de reforço no policiamento em áreas comerciais. Nesse período, as polícias realizaram diversas prisões em flagrante, recuperaram 30 veículos roubados, registraram 15 ocorrências de tráfico de drogas e apreenderam oito armas de fogo.

A Polícia Militar intensificou o trabalho por meio da Operação Águia, com equipes em todas as zonas da cidade, especialmente em áreas com maior índice de criminalidade. A Polícia Civil  utilizou equipes para reforçar o trabalho nas unidades policiais e ações repressivas nas ruas da capital, principalmente na zona Sul.

Além do policiamento ostensivo, as ações contaram com fiscalização no trânsito pelo Detran coibindo e autuando irregularidades em avenidas e nas rodovias estaduais e do Corpo de Bombeiros executando serviços de prevenção e proteção em área de banho, como Ponta Negra, e reforço nas diversas ações de segurança.

Útimas notícias