10 de dezembro de 2018 15h16 - Atualizado em 10/12/2018 15h16

Em três noites, 39ª edição da Festa do Guaraná reúne 50 mil pessoas

A festa agitou o município de Maués durante o final de semana
IMG-20181209-WA0012

A banda baiana Chiclete com Banana foi a principal atração da noite de encerramento da Festa do Guaraná 2018, que reuniu um público de 20 mil pessoas no sábado (8), totalizando 50 mil pessoas nas três noites, segundo estimativa da Polícia Militar. O sábado também contou com Tukumanus, P.A. Chaves, Leonardo Castelo e DJs Ramon Paiva e Layla Abreu, além da encenação da Lenda do Guaraná, feita por grupos artísticos de Maués.

Com mais de 40 anos de carreira, o grupo Chiclete com Banana apresentou, em Maués, um show reunindo os maiores sucessos de sua história musical, como “Voa, voa”, “100% Você”, “Diga que Valeu”, “Nanaê”, “Chiclete na Caixa, Banana no Cacho”, “Menina me dá teu amor” e “Chicleteiro Eu, Chicleteira Ela”. “Estamos bem surpresos com a recepção que tivemos em Maués, é um povo muito acolhedor e nossa banda está feliz em poder se apresentar aqui. Esperados voltar outras vezes”, disse o vocalista Khill, que assumiu o comando do grupo no Carnaval de 2018 e está se preparando para o bloco “Voa, Voa”, um dos mais tradicionais de Salvador, que volta a ser realizado em 2019, depois de quatro anos de hiato.

Lenda do Guaraná

Na terceira noite de festa, grupos artísticos de Maués fizeram uma encenação para apresentar a Lenda do Guaraná, que narra a história de um casal de índios de tribos inimigas que se apaixonam e morrem por causa desse amor, o casal é formado por um índio Mundurucu e e uma índia Sataré-Mawé. A cênica que teatraliza a lenda é tradição em todas as edições da Festa do Guaraná e, nesta edição, envolveu 30 participantes em uma apresentação com 1h30 de duração.

Festa histórica

Com três atrações nacionais, mais de 20 artistas amazonenses, torneios esportivos, feira de artesanato e concurso de beleza, a 39º edição da Festa do Guaraná promete ficar marcada na memória dos turistas e, especialmente, da população maueense. “Estive nas três noites de evento, com toda a minha família. O que pude observar foi uma festa segura, com uma estrutura diferenciada e shows musicais para os amantes de diversos estilos musicais”, disse o comerciante Mauro Negreiros, que na terceira noite estava acompanhado da esposa e das filhas.

Programação

Passaram pelos palcos principal e alternativo da Festa do Guaraná Joelma, Naiara Azevedo e Chiclete com Banana, além de mais de 20 grupos, cantores e DJs amazonenses, como Neto Perrone, Pagodez, Em Cima da Hora, Tambores da Floresta, Império Verde e Rosa, Mocidade de Santa Luzia, Unidos do Ramalho Jr e Sambaê fazem parte do time de atrações nativas da Terra do Guaraná. Forró Ideal, Tukumanos, Banda de Vanguarda de Manaus, Canto da Mata, P.A. Chaves, Carlinhos do Boi, Layla Abreu e May Seven. Torneios de vôlei, futevôlei, pênalti, arremesso de peso, duathlon e handbeach também fizeram parte da programação, com disputas realizadas durante o dia.

A festa também foi marcada pelo concurso da Rainha do Guaraná, título de beleza mais cobiçado pelas jovens mauesenses, disputado na primeira noite do evento. A campeã foi Ianca Klissya Marques, de 22 anos, que concorreu representando o bairro Centro e venceu outras sete candidatas.

Útimas notícias