13 de novembro de 2015 11h40 - Atualizado em 13/11/2015 11h40

Campanha 10 Medidas Contra a Corrupção chega a 23 mil assinaturas no Amazonas

As ações da campanha no Amazonas seguem com a coleta de assinaturas em vários postos fixos
padre (Copy)

A campanha 10 Medidas Contra a Corrupção chegou à marca de 23 mil assinaturas no Amazonas. A campanha segue em apoio às propostas do Ministério Público Federal para aprimorar o combate à corrupção no Brasil. A marca foi alcançada com a entrega de 3 mil novas assinaturas colhidas pelo Comitê Cidadão, movimento social lançado, no auditório da Procuradoria da República no Amazonas (PR/AM).

O comitê conta com a participação de cidadãos apartidários, empresários, advogados, entidades de classe como os conselhos federais de Medicina e Economia e lideranças religiosas das Igrejas Católica, Presbiteriana, Assembleia de Deus Tradicional e Igreja Cristã Vinho Novo. De acordo com os conselheiros, o movimento se propõe a ser mais um espaço de diálogo e de união em prol de causas relevantes e da fiscalização dos atos do poder público.

O pastor e empresário Stanley Braga, um dos conselheiros do comitê, disse que a campanha em favor das 10 Medidas foi a primeira iniciativa à qual o movimento decidiu se associar pela relevância do tema. “Uma curiosidade é que o apoio às 10 Medidas Contra a Corrupção foi unanimidade já na primeira reunião, quando todos nós tiramos de nossas pastas a proposta dessa mesma campanha como pauta para a primeira ação do comitê”, contou ainda o arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani.

Contribuições significativas

Pouco mais de 11 mil assinaturas do total entregue ao MPF/AM foram colhidas nas escolas e unidades da Secretaria de Educação do Estado do Amazonas (Seduc), na capital e no interior. Além de professores, alunos e funcionários da instituição, comunitários de todas as cidades amazonenses puderam contribuir com a campanha assinando as listas nos postos de coleta montados em todas as escolas estaduais. De acordo com a Seduc, a coleta nesses locais segue aberta até o próximo dia 9 de dezembro, Dia Internacional de Combate à Corrupção.

O engajamento da sociedade e das instituições e entidades parceiras da campanha foi decisivo para que o volume de assinaturas já coletadas até hoje superasse em três vezes a meta inicial do Estado de 6,8 mil assinaturas, o que corresponde a 0,3% do eleitorado amazonense. O ‘assinômetro’ nacional da campanha contabilizava, até o início da tarde desta quinta-feira, mais de 648,8 mil assinaturas.

Para contribuir ainda mais com a meta nacional de chegar a 1,5 milhão de assinaturas, as ações da campanha no Amazonas seguem com a coleta de assinaturas em vários postos fixos distribuídos em órgãos públicos, sedes de entidades da sociedade civil, condomínios, igrejas, faculdades e universidades na capital e no interior, além de ações volantes em eventos e feiras realizadas em Manaus.

Útimas notícias