13 de novembro de 2015 17h52 - Atualizado em 13/11/2015 17h52

Avenida Djalma Batista recebe manutenção e reposição de mudas

Na Djalma Batista deverão ser repostas 40 mudas de pau-pretinho
reposição djalma batista 001 (Copy)

O trabalho de reposição de mudas nos passeios públicos e canteiros centrais dos principais corredores viários da cidade começou. O replantio está sendo feito por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). A ação começou pela Avenida Djalma Batista, e deverá se configurar como um dos principais corredores verdes da cidade, onde estão plantadas e em crescimento aproximadamente mil árvores.

O trabalho faz parte das ações do Programa Manaus Verde e Viva, desenvolvido pela Semmas, visando a arborização urbana de Manaus, com ações de produção, distribuição e plantio de mudas em canteiros centrais e passeios públicos em todas as zonas da cidade. No total, somente na Djalma Batista, deverão ser repostas 40 mudas de pau-pretinho,  todas com mais de 1,80 metro de altura. O trabalho de manutenção e reposição de mudas será feito também nas avenidas Autaz Mirim, Torquato Tapajós, Mário Ypiranga (antiga Recife), André Araújo, alameda Cosme Ferreira, Costa e Silva e Natan Xavier Albuquerque.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Itamar de Oliveira Mar, o objetivo do trabalho é formar corredores verdes na cidade, proporcionando os benefícios gerados pelas árvores, como conforto térmico, sombreamento e embelezamento, e contribuindo para reduzir o fenômeno das ilhas de calor. “É um trabalho de persistência, pois além de plantar precisamos cuidar das mudas e pedir o apoio da população para que não quebre e nos ajude a manter nosso trabalho”, afirmou. 

De acordo com a diretora de Arborização e Paisagismo da Semmas, Rosemary Bianco, com o prenúncio da chegada do período chuvoso, o trabalho de plantio deve se intensificar na cidade.  “O período das chuvas é o mais propício para o plantio, pois ajuda na irrigação natural e na manutenção da temperatura adequada para a sobrevivência da vegetação”, afirmou. 

Além do replantio, também são feitos os trabalhos de limpeza, abertura de covas nos locais onde ainda não haviam sido plantadas mudas e tutoramento.  A chuva ajuda também a amolecer o solo, facilitando o trabalho de perfuração das covas. 

O secretário Itamar Mar informou que a Semmas solicitará o apoio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) para a abertura das covas em trechos dos passeios públicos onde houve a impermeabilização do solo com a pavimentação das calçadas.

Útimas notícias