3 de abril de 2020 13h15 - Atualizado em 3/04/2020 13h15

Após terminais de ônibus, entornos de unidades de saúde recebem higienização

Os coronavírus são uma família de vírus que causam infecções respiratórias
49728130416_d5bfa64833_c

Entornos de unidades de saúde, plataformas centrais do transporte coletivo e terminais de integração estão sendo higienizados pela Prefeitura de Manaus, para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, causador da Covid-19. Na quinta-feira (2), as equipes estiveram nas zonas Norte e Leste, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Gebes Medeiros, no Jorge Teixeira, e Alfredo Campos, no Zumbi dos Palmares, além do T3 e T4 e plataformas centrais das avenidas Max Teixeira e Grande Circular.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, a prefeitura estabeleceu um roteiro para realizar a higienização em um raio de 50 metros das unidades de saúde, com uma solução de água e hipoclorito de sódio, em dose recomendada para esse tipo de serviço. 

“O objetivo é a limpeza e higienização em locais de grande circulação de pessoas e no entorno dos serviços de saúde, reforçando o trabalho de prevenção à disseminação do novo coronavírus, causador da Covid-19, como nos determinou o prefeito de Manaus, Arthur Neto. É uma ação de saúde coletiva, que não elimina a necessidade de cada pessoa executar as ações individuais de prevenção, com a lavagem frequente das mãos com água e sabão e manter o isolamento social, principalmente em relação aos idosos e pessoas portadoras de diabetes, doenças cardíacas e respiratórias”, ressaltou o secretário. 

A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Devae/Semsa), Marinélia Ferreira, disse que o hipoclorito de sódio utilizado reduz a quantidade viral do coronavírus no ambiente, o que minimiza o risco de contaminação para pessoas que circulam por esses locais. “Em relação aos serviços de saúde, a higienização vai priorizar inicialmente as 14 Unidades de Saúde que a Prefeitura de Manaus mantém como referência no atendimento aos pacientes com sintomas da Covid-19”, informou. 

O trabalho é coordenado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), que disponibilizará quatro caminhões-pipa, duas vassouras coletoras bobcat, além das equipes de borrifação, para a ação realizada em parceria com as secretarias municipais de Saúde (Semsa) e Limpeza Pública (Semulsp), o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e a empresa concessionária Águas de Manaus. 

“O combate ao novo coronavírus, que causa a Covid-19, exige um trabalho integrado dos diversos setores, não sendo exclusivo da área da Saúde. A população deve também colaborar mantendo o distanciamento social e tomando cuidados básicos de prevenção. Se for necessário, uma pessoa da família pode sair para fazer compras ou outras atividades que sejam urgentes, mas idosos em especial devem evitar qualquer tipo de deslocamento”, orienta Marinélia Ferreira. 

Vírus

Os coronavírus são uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19, após casos registrados na China, e provoca a doença Covid-19. 

Os sintomas são principalmente respiratórios, semelhantes a uma gripe, com febre, tosse e dificuldade de respirar. A doença pode evoluir para uma pneumonia e outras complicações. Os sintomas podem surgir em um período de até 14 dias, a partir da exposição ao vírus. 

A disseminação ocorre de uma pessoa para outra pessoa pelo ar ou por contato pessoal por meio de secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Útimas notícias